Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

No exílio de vida...

Quero sumir.
Quem nunca quis?
Desaparecer repentinamente
e ficar um tempinho feliz

Quero estar
bem longe de todos
por pelo menos um segundo
e pensar um pouco nos sonhos

Quero morrer
sem peso. com honra!
satisfeito de missão cumprida
com todos esses sonhos concretizados.

Quero viver.
cada instante, pode crer!
Cada instante que eu escolhi
dos quais nunca me arrependi.

Quero ficar...
apenas em mim.
já que o mundo além
todo o tempo, muda.

Quero ser
o que eu sou
sem dos outros sincretizar.
Sequer os sonhos sorverei.

Meus sonhos vão à Lua e voltam
cheios de idéias mirabolantes
mas chegam com uma saudade...
que se quebram. Como quem com sede vai ao pote.

Sonhos quebrados são aqueles
que ou se tornam realidade
ou se mostram impossíveis.

Sonhos são uma fonte infinita de desejos
um tilintar de vidro no imenso universo
que mesmo na impossibilidade ecoa.

Sonhos são necessários.
Sonhos são estranhos...
outro dia sonhei com você:
você matava seu melhor amigo e ria feliz!

o que isso significa?
não sei.
não saberemos.
por isso são sonhos!

Sonhos são imagens que vem e vão
mas quase sempre deixam-nas na memória.
Memórias forjadas em sua mente por você mesmo.
Sem que você perceba...
FlávioDonasci
Enviado por FlávioDonasci em 26/11/2006
Código do texto: T301983

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
FlávioDonasci
São Paulo - São Paulo - Brasil
285 textos (12155 leituras)
6 áudios (343 audições)
1 e-livros (134 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 02:20)
FlávioDonasci