Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

desgraçado amor

porra!!! que mundo fudido é este. Suplica desgraçado o amor dos tolos para sufocado encontrar a morte...que morte desgraçada tú mereces cara, mil respostas tolas sobre nós dois e só me deparo com incertezas do amanhã que sonhei para nós dois... eu...ela... juntos para sempre unidos em um unico dilema: viver um para o outro coisa nenhuma... porra! só maus pensamentos... coração dilacerado sofrimento e agonias mil. Amor...que amor é este que engana...dilapida...sufoca...desaparece...morre e leva junto o desgraçado com dividiu sua "vida" mesmo que tenha sido por um breve momento...que ilusão...nos teus braços eu era um califa agora sem ti sou um porco...que porco me tornei e me olhando no espelho descubro que sempre fui este porco que julgava ter a posse de alguém e que exploirava esta posse em benificios próprios unicamente seus e que dizia para os outros ser atruista...atruista coisa nenhuma...porco...esta é a poalavra certa...agora finalmente só solvo dos meus próprios vômitos e me entrego as minhas próprias desilusões e assim continuarei vivendo uma nova ilusão de ser desprezivel e desprezado mas que também soube desprezar e desprezar-se...beijo os lábios de cicuta e viro-me diasnte de meus próprios olhos e me enchergo e me deleito e me encontro e me sxufoco e me anulo...e finalmente volto a ser eu...sem você...sou eu.
che guevara
Enviado por che guevara em 29/11/2006
Código do texto: T305165
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
che guevara
Abaíra - Bahia - Brasil, 45 anos
37 textos (12504 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 13:57)