Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESTILHAÇOS DA MINHA JANELA

Cortinas ao vento
Estilhaços da minha janela
foste tu que jogaste uma pedra
e fizestes o estrago em meu peito

Levei a ti meus mais profundos anseios
desejos e paixões
e tu aproveita-te das minhas frustrações
pra fazer de mim tua escrava

E eu me deixo levar pelo momento
doce ilusão
o furacão
pura obsessão

Se não me quer
porquê me procuras?!!!

Já não cansastes de me atormentar o juízo
para suas mais desvairadas aventuras
Aquiescências e loucuras?

E agora a cortina se fecha
para o espetáculo da vida
onde não sou protagonista

sou apenas coadjuvante
mera participante
figurante
errante
amante
ficante
passante

e ainda existem muitas janelas,
muitas pedras,
muitos furos
e muitos corações na mesma situação...
Deakkk
Enviado por Deakkk em 30/11/2006
Código do texto: T305614
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Deakkk
Salvador - Bahia - Brasil, 36 anos
126 textos (4737 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 08:08)
Deakkk