Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vidas trincadas

Partículas
Particular
Partes truncadas
Vem de onde não sei
Vai para onde é nada

Drena pela fenda dos dias contados
todo esse amor sem odisséia
As rosas são órfãs rosas
...Por quê?

É o que não sei,
por vezes agudo como a dor,
o que terei
sem ao menos olhar para trás de mim

Aquieta coração tuas nostalgias
nevralgia que me acomete
quando sonho sonhos que me adormece

Sem razão, sem emoção
apenas paz em movimento
nos lábios de quem olho
no fim de uma canção
leandro Soriano
Enviado por leandro Soriano em 07/07/2005
Código do texto: T31949
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
leandro Soriano
Santos - São Paulo - Brasil, 59 anos
199 textos (8364 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:37)
leandro Soriano