Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Menininha triste (ela sou eu?)

Era uma menina um tanto incomum.

Não procurava me parecer com as outras, procurava apenas parecer um ser humano, o que implica em complexidades e diferenças.

Por isso talvez eu não fosse tantas vezes correspondida pelos meninos que gostava. Pois ou era calada ou falava em demasia, mas não tinha o charme, as dengues das demais.

Não era uma menina meiguinha de caderno cheio de corações nem um mini-protótipo de mulher-fatal, a seduzir por diversão.

Por muitos momentos, preferia não ser notada a chamar atenção pela postura diferente. Sabia que não prestariam atenção em mim da maneira como eu era, mas sim como achavam que eu fosse, então, desistia e recolhia-me.

Recolhia-me como um patinho feio, com a mudez das mágoas trancadas.

Procurava então tentar desviar a raiva dos meus pensamentos, que sempre foram muitos.

Fazia planos para o dia em que visse a minha estrela brilhar, fazendo a minha existência significar um pouco mais para mim mesma, não importava se alguém estivesse vendo, o que importava era ser feliz, aceitar a vida.

Aceitar a vida. Às vezes, sinto-me qual filha ingrata, que acaba por desprezar a dádiva recebida.

Como se nunca fosse chegar o dia em que pudesse sentir-me plenamente viva, fazendo algo em que acreditasse, que pudesse fazer bem, e que de volta eu acreditasse mais ainda em mim.

Saber ser quem eu sou. É isso o que busco. Mas não deveria eu ser e pronto, para quê saber?

E no dia em que eu não mais for, o que vou fazer?

Hoje sou mulher.
Mulher que sabe que existe.
(Só não sabe se aceita ou não...)
Mulher com dedo em riste,
Que tenta apontar pro céu,
Pobre injusta e pecadora.
Que aponta pro próprio reflexo
No qual vê algo belo e não reconhece como seu.
Tem um homem em seu coração.
Um menino em seu colo.
Um ancião a sua espera.
É a pessoa triste mais feliz que já conheceu.
Será que o mundo poderá ser seu?
Será que o mundo tem algo de meu?
Se é que sei estar no mundo...
Artista Multiface
Enviado por Artista Multiface em 11/08/2005
Código do texto: T41838
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Artista Multiface
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 33 anos
11 textos (746 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:18)
Artista Multiface