Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A ESPERA


Jeremias toma sol varanda, a bola vermelha junto e o osso de plástico largado longe. O que sonham os cachorros?
Cavalos dormem em pé e dizem que até os peixinhos de aquário dão seus cochilos.
Mas aquela mulher não parecia dormir. Recolhia-se ao quarto todas as noites envolta em seu perfume de jasmim. Trancada em silêncio, o que sonharia?
Nas manhãs seguintes, ao ressurgir dos mistérios, parecia estar em permanente vigília. Como a esperar "algo" especial.
Olhos abertos, coração em transe. Apenas ela - apenas ela - sabia do seu secreto destino.



Raimundo de Moraes
Enviado por Raimundo de Moraes em 19/08/2005
Reeditado em 25/08/2005
Código do texto: T43671

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Raimundo de Moraes
Recife - Pernambuco - Brasil
43 textos (8366 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 01:47)
Raimundo de Moraes