Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cada dia!

Cada dia, cada hora
penso, mas isso não vai embora.
Fico com peso no coração,
penso em lagrimas, tudo em vão.

mais um dia, mais uma hora
e isso ainda não foi embora.
A sensibilidade que em mim aflora,
pede-me você para outra hora.

Procuro mas não encontro,
e a vida passa em escombro.
Outra hora passou,
e eu aqui estou.

Solidão que devassa minha vida,
isso não tem graça.
O tempo faz em vinda e ida,
issa também não tem graça.

Hoje passa mais um dia,
sinal que amanhã,
sera outro dia.
Mas amanhã de manhã.

Por hoje que a hora não passa,
meu dia é meio sem graça.
Vejo no relogio a hora que não passa,
tudo continua sem graça.

Queria poder contar ao mundo
tudo aquilo que no fundo
penso em sentir, mas estou mudo
e assim quero ficar, bem no fundo.

Assim meu sentimento mudo
cala o coração lá no fundo.
O mundo junto fica mudo
e assim sinto lá no fundo.

O sentimento que me consome
o Amor que me devora,
o desejo que brota,
to com saudades de você!

E mais uma noite passo aqui!
Quirino Cochi Júnior
Enviado por Quirino Cochi Júnior em 07/09/2005
Código do texto: T48314

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original! - Obrigado!!!!!). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Quirino Cochi Júnior
Lençóis Paulista - São Paulo - Brasil, 47 anos
27 textos (2622 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 04:54)
Quirino Cochi Júnior