Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tempo real da sua morte...

Tempo real desde que você morreu, pai: 4 meses e 16 dias. Tempo psicológico: Dez eras glaciais.  Pessoas que mais sentem sua falta: nós quatro.
Vezes em que chorei: Duas, isso me preocupa.
Vezes em que estive triste: muitas. Com raiva: mais que muitas.
Raiva da doença: Todas.
Do hospital: várias, mas a culpa não é deles.

Dias em que lembro de você doente: todos.
Em que lembro de você bom: ainda nenhum.
Dias em que não quis levantar: uns 120.
Em que não levantei: zero.
Vezes de "sem ele não é a mesma coisa": 145.
De "agora ele TINHA de estar": para esta orgulhoso de mim.

Quando mais lembrei de você: todos os dias.. quando me olho no espelho. Quando olho pro rosto de minha mãe e de minha irmã.  Quando achei que não ia dar conta: ainda não achei
Falta que sinto de você: Pra p....Que é igual ao universo vezes o infinito.

Eu mesma 11 /08/2017
GarciaDaiane

Daiane Garcia
Enviado por Daiane Garcia em 12/08/2017
Reeditado em 12/08/2017
Código do texto: T6081710
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Daiane Garcia
Uruará - Pará - Brasil, 29 anos
272 textos (13800 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 17:01)
Daiane Garcia