Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DAS POSSIBILIDADES (na imaginação)


Poeta que é poeta acredita em gnomos e fadas,
Sonhos além da vontade e da razão humana,
mesmo sendo humano, e por vezes, materialista.
Poeta que é poeta é balança de precisão,
recebe o peso que indica a verdade,
percebe no peso da maldade,
e corrompe o mal com uma pitada de rima.
Poeta não perde o limite apenas finge a cegueira,
porque nos sonhos sabe a fronteira da loucura.
Poeta não inventa uma dor nem ama o inesperado,
Chora a dor do esperado amor que ensina o poema.

Inspirado no texto \"DAS POSSIBLIDADES\" do poeta NALDOVELHO
Jose Carlos Cavalcante
Enviado por Jose Carlos Cavalcante em 09/03/2005
Código do texto: T6197
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jose Carlos Cavalcante
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
730 textos (54065 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 20:19)
Jose Carlos Cavalcante