Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Confissões de uma adolescente

A Pequenininha que até parece gente grande,ela tem 1,60 de altura, não é um modelo de beleza. Dizem que é metida, mas quando conhecem descobrem que é mesmo uma criança, mas não tão criança... Porque já descobriu que contos de fadas não existem e para conseguir o que quer tende lutar! Mas não tão adulta assim, porque como toda garota ela quer o seu final feliz! Pela tristeza ela não deixa se abalar porque quem  escolhe ser feliz ou não é você, não importa se sua vida estiver de cabeça para baixo e o seu coração esteja em pedaços!
O amor? É... Ela amou, já amou mais do que a si própia, ai acordaram ela com água fria!E mesmo assim ainda segue AMANDO. Como se nunca tivesse se machucado!Primeiro a Deus. Ela mostra ser indefesa por fora, e uma rocha por dentro, mas a verdade e que ninguém imagina porque q às vezes ela chora, quando escuta uma musica e porque ela sorri quando lê um papel antigo, ou lê um poema, essas coisas q ela diz serem baboseiras.Ela odeia gente q só vê o própio umbigo, na verdade, ela quer mudar o mundo, mas sabe que suas mãozinhas são pequenas p tanto!Ela é feliz sim! Pq descobriu que apesar de ser como é ela, tem pessoas que a amam!A sinceridade é o que ela mais procura, amizade é o que ela mais presa e SAUDADE são o que mais a machuca.Ela não tenta fingir ser outra pessoa, ela só quer ser ela mesma, adolescente, humana e imperfeita.È, ela ta longe de ser perfeita e admiti que de perfeito só tem os seus defeitos...
Xelle Santos
Enviado por Xelle Santos em 29/08/2007
Reeditado em 01/09/2007
Código do texto: T629679
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Xelle Santos
Nilópolis - Rio de Janeiro - Brasil, 25 anos
4 textos (199 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 06:04)
Xelle Santos