Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Divago V

Olho pela janela
A noite calma e escura,
Penso em ti à luz da vela
Minha amada futura.

Vejo-me em teus olhos,
Tão belos que serão,
Jardins de flores aos molhos
Que apertam em meu coração.

Fogo vivo e ardente,
Amor de toda a gente
De ténue chama cintilante
Que me fustiga a mente.

Teu corpo…iguaria rara
Que se vê, adora, saboreia
Preciosidade exótica e cara,
Jóia digna de quem não odeia.

Teus cabelos cor de mar,
Olhos pintados por deuses no céu,
Tudo perdido num simples amar
Coberto por um fino véu.

Faz de meu amor a tua vida,
De mim o teu fruto proibido,
A ti, mulher perdida
Entrego tudo o que tenho vivido.

Perco-me nos confins deste infinito
Num mundo meu e de ninguém
Qual ser só e esquisito
Que procura algo sem saber quem.

sumadartson
Enviado por sumadartson em 30/08/2007
Código do texto: T631370

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
sumadartson
Portugal, 47 anos
48 textos (941 leituras)
1 e-livros (21 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 14:14)
sumadartson