Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OTIMISMO


        Estamos vivendo os primeiros anos deste século e milênio, com os pensamentos atingidos por uma grande crise de insegurança social, retrocesso cultural, ameaças da natureza, apesar da grande arrancada econômica mundial (só não acompanhada por poucos países como o Brasil), que leva muitos a queixas constantes e perspectivas desanimadoras. A síndrome do pessimismo parece envolver a maioria das pessoas, sendo que em toda parte escuta-se a tenebrosa frase: “este ano será pior”.
  Ora, por que esse baixo astral ?
                      O progresso nunca vem sem sacrifícios, razão pela qual devemos examinar melhor o quadro geral e assim acharemos muito mais coisas positivas do que negativas. Até mesmo uma tempestade que destrói árvores e vidraças, mas purifica a atmosfera afastando os miasmas insalubres capazes de causar a morte, pode parecer um mal, no primeiro momento e depois se revela uma verdadeira benção divina.
                      O dinheiro está difícil, é verdade, mas por isso mesmo lhe damos mais valor, o que já é uma coisa boa.
                      As dificuldades econômicas e sociais sempre levaram a humanidade à grandes transformações e, se observarmos bem, no ano que terminou, as fronteiras entre nações inimigas há séculos, cederam à uma breve conciliação.
                      A aproximação e confraternização dos seguidores de diversas crenças e religiões também cresceu, unindo mais aqueles que são filhos de um mesmo e único Deus.
                      Aqui no Brasil, está caindo a máscara de muitos que ludibriavam o povo, apesar do tumor da corrupção ainda não ter sido banido; caíram também muitos monopólios, enfim livramo-nos de muitas coisas que atravancavam nosso progresso material e espiritual. Vemos que mesmo o mais humilde cidadão já não pode ser manobrado tão facilmente como no passado e a maioria dos brasileiros conhece seus direitos e obrigações. Só falta aprender a exercê-los e cumpri-las.
                      Assim, podemos dizer que, apesar das aparências não tivemos um início de século tão ruim e, tudo indica que as amarguras que ainda suportamos e enfrentaremos nos próximos tempos são como o sacrifício de um tratamento rigoroso que antecede a cura de grandes males.
                       Cubramo-nos de “otimismo”, cientes de que o Pai Supremo nos reserva dias melhores e o transcurso no terceiro milênio poderá ser pleno de paz, alegria e progresso, principalmente espiritual.

                                       05/08/07
                           Fernando Alberto Salinas Couto
Fernando Alberto Couto
Enviado por Fernando Alberto Couto em 05/09/2007
Código do texto: T639990
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fernando Alberto Couto
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 66 anos
1216 textos (55566 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 02:07)
Fernando Alberto Couto