Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rosas e Cardos

Sinto as pernas a tremer,
O chão imperfeito a fugir,
O cabelo a ficar grisalho...
Rugas de riso e trabalho,
A vista a diminuir,
Todo o corpo a desfalecer.

Finto a morte que espreita
E as chamas que consomem a vida,
Vento que atiça a fogueira,
Espinhos que tapam a roseira.
Olho o horizonte em tons de despedida
Desta existência que se enjeita.

Um último salto para o abismo...
Pensado, ponderado, arriscado,
Fito o nome escrito na lápide
O fim mórbido que ninguém decide...
Olhar turvo, apagado
Nestas páginas de eufemismo.

Rosas que brotam dos escombros
Ladeadas de rezas pueris,
Regadasb com sangue inocente
Derramado pelo homem intolerante,
Lendas numa história que condiz
Com o simples encolher de ombros.
sumadartson
Enviado por sumadartson em 06/09/2007
Código do texto: T640719

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
sumadartson
Portugal, 47 anos
48 textos (941 leituras)
1 e-livros (21 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 07:19)
sumadartson