Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Azedume da alma

     Quero escrever, mas não consigo.
     Está confuso este meu mundo.
     Está difícil me desvencilhar... não sei o que pensar.

     - Toc, toc, toc.
     - Senha?
     - ******
     - Pode entrar.

     É como uma caixinha de surpresas. Encontro lá coisas que deviam me deixar feliz, mas não... é tudo ao contrário.

     Imperfeição moral... azedume da alma.

     Passeio pela casa, pelos cômodos. Tudo observo, à espreita.
     Penso, reflito... e a cada detalhe tento me convencer de que o melhor é não voltar.

     É... o melhor é não voltar.

     07/09/2007
Erika Ferraz Ueoka
Enviado por Erika Ferraz Ueoka em 07/09/2007
Código do texto: T642027

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Erika Ferraz Ueoka
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 40 anos
45 textos (4041 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 09:59)
Erika Ferraz Ueoka