Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Humanidade...só depende de nós.

Olho ao redor e o que vejo não me agrada. São tantas as frustrações que me cercam, tantas mentiras, injustiças, falsidade.
Somos seres muitas vezes sem coração. Sempre tão preocupados com os nossos problemas, nossas angústias, nossas futilidades. Nos olhamos no espelho e o que vemos? Vemos um corpo vazio, sem alma, sem espírito.
     Não temos tempo pra nos preocuparmos com os problemas dos outros, mas sempre esperamos que alguém se preocupe com os nossos e venha ao nosso socorro. Exigimos que as outras pessoas sejam verdadeiras e honestas conosco, mas quantas vezes nós mentimos, enganamos ou frustramos as expectativas de alguém?
Às vezes esperam tão pouco de nós e somos incapazes de suprir esse pouco.

Por que dificultamos coisas tão simples como pedir perdão ou mesmo perdoar a quem nos pede perdão?
Por que temer dizer “eu te amo” se é o que sente verdadeiramente o coração?
Por que dizer “eu não posso” ou “não vou conseguir”, sem nem mesmo tentar?

Nossa vida é um traço sem rumo, um caminho que nos cabe trilhar. Podemos ir muito bem ou muito mal.
Não existe certo ou errado.
Existe o que nos faz feliz e o que nos entristece.
Por isso tento ser para os outros, o que eu espero que os outros sejam para mim.
Somos reflexos das nossas atitudes e escolhas, temos o livre arbítrio para sermos o melhor ou o pior, mas isso só depende de nós.
Michelle Moura
Enviado por Michelle Moura em 12/09/2007
Código do texto: T648678

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Michelle Moura
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 38 anos
36 textos (11288 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 08:54)
Michelle Moura