Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

De vez em quando

   De vez em quando, tipo assim, quase todos os dias, olho para dentro de mim e vejo sonhos, muitos sonhos; e todos os dias olho o mundo, as pessoas, quanta gente que deseja o mal ao próximo para obter satisfação, assim se tornando cada vez mais difícil ter um sonho, a cada novo dia envelhece dentro de mim uma antiga esperança.
Sinto dentro de mim que os meus sonhos por mais simples que sejam vão se tornando utópicos demais  em um mundo em que pessoas alugam e outras são alugadas.
   De vez em quando, tipo assim, todo dia, bate em mim um constante medo de parar de sonhar, um medo de começar a me contentar com que o mundo reservou pra mim, pois isso inclui tudo que nunca quis, quero mais, quero ir além das expectativas do mundo, quer ter mais que uma vidinha limitada em que meus sonhos e projetos se baseiam e possam ter como alicerce o valor que recebo no final do mês, que a importância do meu salário para conquista de meus sonhos seja algo  irrelevante.
   Está difícil, pois cada dia a crueldade e a intolerância ganham mais espaço, como sonhar com algo melhor  pra mim, como sonhar com um mundo melhor se já tiramos dele tudo que um dia ele teve de bom. Só peço a Deus que não me reste como último sonho, sonhar com os dias em que eu apenas, sonhava.
Thiago Paiva Moreira
Enviado por Thiago Paiva Moreira em 12/09/2007
Reeditado em 21/01/2013
Código do texto: T649077
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Thiago Paiva Moreira
Betim - Minas Gerais - Brasil, 30 anos
84 textos (23225 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 22:30)
Thiago Paiva Moreira