Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Convivência social

A convivência social é bastante complexa, pois exige inúmeros requisitos como a tolerância, compreensão, paciência, respeito; dessa maneira a relação entre as pessoas se dá de forma conjunta. Entretanto, dificilmente observa-se o mútuo como fica bastante perceptível a convivência a dois que se dá, na maioria das vezes, de forma distorcida, conturbada, desequilibrada. As possíveis justificativas para esses lamentáveis acontecimentos estão relacionados à maneira de formação da personalidade, caráter, sentidos e significados dados aos inúmeros aspectos da vida, ou seja, as pessoas não conhecem a essência da vida, do amor, de si próprio. Sendo assim a administração da vida como um todo é conduzida descontrolada, pois tudo é sinônimo de problema, nada é passível de ser solucionado. É fundamental ter em mente que os sentimentos de tristeza, compaixão e os estados de melancolia e introspecção são estágios de uma vida que se apreciados de forma prudente, ponderada e consciente torna-se imprescindível, porque tudo em nossa vida deve ser balanceado, em vista que nada em demasia, nem pouco demais é bom.
Faço todas essas colocações para demonstrar o quanto os seres constroem dificuldades e problemáticas possíveis de serem solucionados, entretanto elas são transformadas em questões impossíveis de serem resolvidas. Atualmente são milhares as pessoas doentes – depressão, estresse, loucura, desequilíbrio mental, cânceres...- as possíveis justificativas estão nas formas de poder que a elite comanda a massa social submetendo-a a condições deploráveis de sobrevivência, de trabalho “escravizado”, há uma deturpação ou melhor a sociedade não forma mais suas opiniões, pois é engolida por perspectivas as quais são fundamentadas nos interesses daqueles que sustentam e exercem o poder na sociedade. Destarte estão desaparecendo paulatinamente os princípios e valores que cada indivíduo precisa formar para viver “bem”, como o sentido atribuído ao respeito não é executado como deveria ser, pois sobrepostos os interesses, instintos, vontades de forma individualizada, fazendo com que a sociedade funcione de forma desordenada, gerando mortes violentas, ou seja, o estado de natureza perpetua-se, virando  a sociedade um caos.
A ausência de afeto , compreensão, amor, reciprocidade faz inúmeras pessoas se divorciarem, brigarem, isto é, viverem mal, sendo reféns das mazelas dessa vida que não souberam construir com maturidade, entendimento e sapiência. Não quero afirmar que a vida é fácil de ser vivida, mas digo que ela é possível de ser construída de forma gloriosa quando admitimos nossos erros, estudamos nosso próprio ser e nossa própria vida, quando almejamos o equilíbrio, passamos a ver a vida de uma maneira melhor. A conseqüência disso tudo uma convivência bem mais plausível e prazerosa, pois surgem os sentidos e as essências da vida como um todo. A idéia de esperança que alguma coisa dessa possa ocorrer (transformar-se) nos faz viver de forma agradável, paciente, mas sobre o prisma do realismo isso é “quase” impossível...
Thaíse Andrade
Enviado por Thaíse Andrade em 16/09/2007
Código do texto: T655178

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Thaíse Andrade
Recife - Pernambuco - Brasil, 29 anos
24 textos (52666 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 00:29)
Thaíse Andrade