Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Declaração

Fixo a distância que nos separa,
Sinto-a, de dia para dia, a aumentar...
Sei no entanto que estamos tão perto
E que este nosso amor vadio é certo,
Sonho a vontade de te abraçar
De ficar contigo cara a cara.

Finto esta vaga melancolia,
Este medo de te sentir triste,
De chorares por quem te não quer.
Deixa-me ser tua vontade de viver,
O abraço que nunca sentiste,
O encher da tua noite vazia.

O passado amaldiçoou-me o sentimento
Fez de mim um erro, um mau amante
Um caso perdido neste longo deserto.
A felicidade que eu em ti desperto
Faz-me sentir cavaleiro errante...
Procuro-te... espero o meu momento.

Menina dos olhos cor de água
Que dás vida a quem vês passar,
Que a quem tocas pões um sorriso...
Tu que sabes o que eu preciso
E que me dás asas para voar,
Deixa beijar-te, apagar tua mágoa.

Ouço o silêncio que nos envolve,
O bater solitário do meu coração
Enquanto o teu corpo me abraça.
O tempo louco que passa
Sem sentir calor na paixão...
Que tudo perde e nada devolve.

sumadartson
Enviado por sumadartson em 19/09/2007
Código do texto: T659182

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
sumadartson
Portugal, 47 anos
48 textos (941 leituras)
1 e-livros (21 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 05:14)
sumadartson