Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O tempo não dá trégua

É impossível querer o tempo todo para mim, ele não se contém, ele não se encerra no terreno limitado que é o dia.
 
O tempo é e sempre foi, existe muito antes da existência. Vai existir mesmo quando mais nada houver de haver.
 
O tempo corrói, o tempo expurga toda a tentativa artificial de se manter sóbrio.
 
Ele não permanece onde eu deixei, mas já se encontra onde eu não queria que ele estivesse: na velhice...
 
Doce tempo amargo aquele que eu poderia ter vivido e deixei passar estático, ou seria extático? Não sei.
 
O que me resta é planejar e preencher o espaço curto que é a vida com uma vida longa e intensa que me permita ter o dom de exalar palavras e conter as mágoas sem me intoxicar.
 
Quero tombar, cair por terra e não ter ninguém pra rir de mim, mas quero alguém que me levante e num sorriso me guarde numa certeza aconchegante:
 
a de que ainda há tempo para viver.
Marcelo Viana
Enviado por Marcelo Viana em 19/09/2007
Código do texto: T659600
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcelo Viana
Fortaleza - Ceará - Brasil, 34 anos
13 textos (611 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 19:30)
Marcelo Viana