Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SAUDADES

Sinto saudades de um tempo que nunca vivi, de uma época inexistente, das batalhas que nunca lutei, das derrotas que levo no coração, sinto falta do calor do corpo da donzela que nunca salvei, sinto a dor das feridas que não existem, de um lugar frio e verde que meus olhos não vêem, eu sinto, eu sinto, eu sinto muita falta da minha juventude não vivida e dos amores platônicos da infância, a cada sol que se vai eu me lembro de um alguém que nunca existiu, das caricias do vento e do beijo suave e angustiante do amanhecer.
O FILHO DO LOBO
Enviado por O FILHO DO LOBO em 28/09/2007
Código do texto: T672875

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (FERNANDO LOES O FILHO DO LOBO). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
O FILHO DO LOBO
Salvador - Bahia - Brasil, 38 anos
5 textos (201 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 12:51)
O FILHO DO LOBO