Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dores do Passado

    Tudo ta tão escuro, olho pro meu coração mas não enxergo nada. Está escuro, meus olhos não querer ver mais nada, minhas lágrimas borram o meu olhar, minha mente procura entender as palavras que circulam por ela. Nada, nada, nessa hora eu não sei mais nada.
   Por que a escuridão me assombra? Por que a solidão me persegue? Por que a felicidade tem medo de mim? Por que as lágrimas insiste em cair em meu rosto? Por que eu não consigo fazer nascer um sorriso em meu rosto? Por que eu não tenho e nem consigo achar as respostas para essa perguntas? Tal vez eu tenha as respostas mas eu não quero aceita-las.
   Me perdi no caminho das escolhas, e sem percebe escolhi a solidão. E agora não como voltar atrás e corrigir esse erro. Eu já não agüento mais isso, essa angustia está me matando, as dores são fortes, a cabeça pesa, cada lágrima que eu derramo dói. Se eu pudesse voltar no tempo, tal vez além de corrigir os meus erros eu também voltaria a sofrer, por voltar olhar o passado. É como disse Shakespeare: Lamentar uma dor passada, no presente, é criar outra dor e sofrer novamente. Sofro pelas dores do passado, mais me dói ainda mais porque essa dores foram causadas por pessoas importantes e ainda são importantes, sãos as minhas dores do passado.
   As minhas dores do passado ainda me assombram, eu tento fugir delas mas elas correm mais rápido do que eu. Não quero mais me lamentar, mas sou fraca, sou vunerável a essa dores; dores que como um dia entraram no meu coração e dominaram minha alma, um dia vai sair e vai cicatrizar as minhas feridas do passado. Mas agora as minhas dores do passado fazem parte de mim.
Raissinha
Enviado por Raissinha em 29/09/2007
Reeditado em 12/12/2007
Código do texto: T674028

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Raissinha
Londrina - Paraná - Brasil, 23 anos
8 textos (1095 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 23:24)
Raissinha