Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUANDO ME AMEI DE VERDADE!

Era uma vez uma menina. Uma menina que não era mais menina, 20 anos. Personalidade formada. Desejos a flor da pele e uma vontade inesgotável de engolir o mundo. Saudável.embora vez ou outra sentia dores profundas no coração. Sofria. Na maioria das vezes calada , outras vezes descontava sua ira no que atravessava seu caminho. Sonhava. Embora seus sonhos  sempre iam ralo abaixo na hora do banho.tinha medo, pesadelos mas, acordava encantada todos os dias , pela vida, pelas pessoas.Acreditava em príncipes encantados. Teve alguns, mas todos foram embora e nessas horas, ela sempre desacreditava, mesmo sabendo que teria que ter paciência , que amor, amor mesmo não acontece assim... e decidiu se entregar. Se entregou a si mesmo, se deixou viver. Revelou desejos ocultos, se pintou como queria e sorriu chorando na frente do espelho só para ver seus olhos brilharem... se re-fez por dentro. Aparou a vaidade, desfez aquele desanimo q vez ou outra a rondava e foi viver. Foi a luta. Ela foi a luta e amouuuuuu.... descobriu dentro do banheiro de uma danceteria seu amor verdadeiro. Frente ao espelho passara um batom vermelho e se olhou fixamente , ali, descobriu.... eu sou o que realmente quero p/mim...!
Sidneya Maximiano
Enviado por Sidneya Maximiano em 30/09/2007
Código do texto: T675171

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Creditos validos a Sidneya Maximiano). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sidneya Maximiano
Ouro Preto - Minas Gerais - Brasil, 30 anos
6 textos (274 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 11:33)
Sidneya Maximiano