Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dignidade.

Ecoa a chibata com sangue negro,
Purgando dor, por sobre o tronco.
Sem que no gemido perca a hombridade.
Honrando seu grito na busca da luz,
Seguindo a cruz do perdão sobre nós.

Do capitão forte envolto sobre o ventre,
Dando na dor um filho bastardo,
que no silencio da noite tornou-se irmão.
Do protegido pródigo que traça corrente de elos,
Libertando o medo da dor.

Na invasão do prelúdio do século,
O mesmo eco de lamentos de mil tormentos,
Da liberdade guardada a historia,
Do banzo na memória.
O preconceito no compasso da escuridão.





Helaine Figueiró
Enviado por Helaine Figueiró em 11/10/2007
Reeditado em 21/02/2013
Código do texto: T689339
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Helaine Figueiró
Canoas - Rio Grande do Sul - Brasil, 55 anos
34 textos (1486 leituras)
4 áudios (205 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 04:35)
Helaine Figueiró