Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMIZADE

Como nasce toda amizade? Eu acredito que a amizade é como um inseto, primeiro é depositado o ovo, que se torna larva e faz o casulo (pupo) e se torna um maravilhoso escaravelho, ou se preferir, uma maravilhosa borboleta.
Mas deixe-me explicar melhor; toda amizade tem, nasce de um interesse, às vezes mutuo ou matuto, regrado, espontâneo, satisfatório, hipócrita, de interesse, intima e talvez etc. Existem muitas, e talvez, mas uma vez talvez, infinitas possibilidades.
Gozado e infame, por ventura das vezes. Pode ser precoce e cultivada em longo prazo, sabe? Estou falando dessas da infância, e hoje, na grande maioria resta apenas a lembrança, vez garbosa, que é sustentada pelo tempo, nas correspondências.
Pode ser traiçoeira essa amizade, e vá lá entender, só posso dizer que a vitima perdoa, por amar o amigo que a tanto tempo foi fiel e hoje se torna o traidor.
AMIZADE, Separando letra por letra, pode-se agregar a cada uma delas uma palavra, dos frutos de uma amizade:
A – Amar
M – Mudar
I – Intimar
Z – Zelar
A – Adocicar
D – Determinar
E – Exagerar
Em minha infância nunca tive muitos amigos, até que uma vez nasceu uma curiosidade, quer saber qual foi? Eu digo sim, foi simples “porque será que tanta gente gosta desse cara?” Essa foi a pergunta que fiz a mim mesmo. Agora eu vou tentar pensar como você, talvez esteja pensando “mas isso não é curiosidade é interesse”, talvez tenha razão, pois podera eu querer me aproximar dele para que assim eu pudesse me aproximar das pessoas que o rodeavam, afinal se ele gostasse de mim todos iriam gostar. Mas lembra? Eu disse que na minha infância nunca tive muitas amizades, na verdade nem fazia questão delas, até esse momento de minha história. Assim proclamo meu caro, ledo engano seu pensar assim, não foi interesse e sim curiosidade.
Nessa minha ânsia pela curiosa observação, descobri aos poucos uma nobre parte que em tempos eu desconhecia em meu eu, o quanto eu era sozinho.
Agora espero de você, que tenha lido este texto, que tenha a certeza que eu te amo, pois à partir de agora você é meu amigo, pois cultivarei eu seu coração a semente da amizade.

Autor: Otávio Augusto
Tavinho
Enviado por Tavinho em 15/10/2007
Reeditado em 15/10/2007
Código do texto: T694722
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tavinho
Sorocaba - São Paulo - Brasil, 38 anos
15 textos (473 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 08:21)
Tavinho