Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu mundo

Caminhando pela madrugada,
minha única companhia
eram as estrelas.
O único som que se podia ouvir
era de meus passos,
mas ao longe se ouvia
os latidos dos cães.
Enquanto todos dormiam,
eu trabalhava,
vasculhando cada lixo
a procura de algo
para que no outro dia,
pudesse dar
o que comer a minha família.
Em meu mundo,
sou trabalhador;
em outros,
sou mendigo.
Muitos têm medo
de minha pessoa,
outros imaginam
que sou sujo
por colocar minhas mãos
em uma lixeira.
Mas não importa,
porque sinto
que não estou só.
Aqueles que me desprezam
se esquecem
apenas de uma coisa,
que muitos estão
com as mãos sujas
sem se quer,
tocar numa lixeira.
siul otrebla larbac
Enviado por siul otrebla larbac em 15/10/2007
Reeditado em 30/01/2016
Código do texto: T695662
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
siul otrebla larbac
Paraíba do Sul - Rio de Janeiro - Brasil, 49 anos
15 textos (688 leituras)
1 e-livros (16 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 11:32)
siul otrebla larbac