Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Depois da chuva...

Hoje...

Depois de uma longa seca

Chove...Chove torrencialmente!

Lavando poeiras de dias secos e do passado

Trazendo água que sacia a sede.

 

Está amanhecendo o dia

Pássaros iniciam seus cantos

Bêbados procuram seus cantos

Pessoas sem canto pelos cantos.

 

Brincavamos de “quatro cantinho”

Um sempre ficava sem canto naquele passado

Infância inocente; pessoas sem canto no presente

Que saudade que a gente fica da gente.

 

Daqui a pouco vou comprar pão

Mas não vou simplesmente à padaria

Vou distribuir verdadeiro; “Bom Dia!!!!”

E vou encontrar alguém em algum canto...

 

Dividir o pão

Sentar junto no mesmo canto

No mesmo chão

Ouvir sua história de dor e pranto.

 

Vou falar de Deus

 Mesmo no seu pranto de dor

Mostrar a roupa molhada

Um sol que desponta

Lembrando que choveu.

 

Gotas d’água nas folhas das árvores

Grama ainda molhada

Futuro alegre de sadia dança

Flores floresceram

Novas cores

Novo dia

Novo verde

Nova vida de esperança.

 

Certeza de que a vida cumpre seu ciclo

Mas é opção se cíclicos ficamos.

Certeza de vitórias

Graças ao nosso Deus

Que merece toda

HONRA E GLORIA.
______________________________________________
                                      Visite meu site:
                       www.kellerbucci.prosaeverso.net

 

 

 

Kellinho
Enviado por Kellinho em 04/11/2007
Código do texto: T722644

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Kellinho- www.kellerbucci.prosaeverso.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Kellinho
Cássia - Minas Gerais - Brasil
187 textos (26263 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 15:25)
Kellinho