Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A imagem no espelho

A mulher que vejo refletida no espelho não sou eu, pelo menos, não mais aquilo que se convencionou dizer de mim ou a meu respeito.

Nesses últimos meses, os que precedem aos quarenta, tenho descoberto tantas outras pessoas em mim que às vezes me assusta o que presencio ou reconheço.

Quebrei certezas, rasguei relacionamentos empoeirados, declarei-me mulher, publiquei desejos felinos, implorei carinho, libertei-me da  tirania dos consangüíneos, denunciei maus tratos, escrevi e vivi segredos em sentimentos inconfessáveis. Matei, inclusive, a vítima que existia em mim. Publiquei um livro. Nasceu uma mulher determinada, sensual e má.

Até agora, cuidei apenas das minhas plantas, ainda não plantei ser vivo. Decidi parir um outro ser que de mim saia e, tanto quanto eu, experiencie que a felicidade não vem por merecimento apenas, mas diante de bastante luta e algumas lágrimas.

Pois se não conhecemos a dor, como reconheceremos o amor???    
Arsenia Rodrigues
Enviado por Arsenia Rodrigues em 10/11/2007
Reeditado em 30/06/2008
Código do texto: T731797
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Arsenia Rodrigues
Salvador - Bahia - Brasil
67 textos (7517 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 09:06)
Arsenia Rodrigues