Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Surrealismo

          Não sei.
          Não tenho uma explicação lógica pra isso. Não consigo criar um raciocínio sobre isso. Não sei.
          Não sei se ao menos há uma explicação lógica para isso. Provavelmente não. Provavelmente é o motivo pelo qual nós, seres humanos, não somos perfeitos. É o que desgraça famílias, destrói civilizações, corrói as mais brilhantes mentes, promove o atraso, o retrocesso.
          Não sei.
          Não faço idéia de como pensar. Não faço idéia nem no que pensar. Penso, penso, penso. E não penso em absolutamente nada. Ao menos, nada compreensível. Nada que valha a pena ser...Pensado.
          Não sei.
          Não sei e não quero saber, no final das contas. Se as mais brilhantes mentes não souberam, por que eu deveria? Se as mais poderosas civilizações caíram, por que eu deveria ficar de pé? Se as mais honradas famílias não agüentaram, por que eu deveria? Se as mais centradas pessoas se perderam, por que eu deveria me achar?
          Não sei.
          Não sei e tudo o que eu mais queria era saber. Viver com a confusão regular da minha mente. Confusão que se desfaz dia após dia, porque eu não sei!
          Eu não sei e isso me enlouquece! Eu não sei e tudo o que me resta é...Não saber.
Júlia Schneider
Enviado por Júlia Schneider em 20/11/2007
Reeditado em 12/03/2013
Código do texto: T745386
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Júlia Schneider
Cabo Frio - Rio de Janeiro - Brasil
13 textos (936 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 00:31)
Júlia Schneider