Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O infinito

O descompromisso  nos amarra a liberdade que nos prende ao destino fazendo de passos soltos uma caminho encantado, em busca de sentido para nossos medos, criando relevância  pra atos e ações, que muitas vezes sem sentindo algum se reorganizam em nossa mente transformando o imutável, o inalcançável, o platônico.
Ações rebuscadas, perfumes encantadores e gestos eternos, oh transcrição maldita que pune com a solidão o desejo.
Que salta aos olhos sem compromisso gatinhando pelos nossos braços e se enroscando entre as pernas atinge o ápice, segundos e as nuvens descem, acomodam-se entre nós, calmaria e sossego... quem não quer? Sem responsabilidade, nosso único compromisso é com a utopia da felicidade.
Pra que ser feliz o bom mesmo é sofrer, é trepar sem medo de arriscar e se envolver sem medo de mudar... feliz...! ah! Quem é feliz não precisa de nada disso...
Somente nós os infelizes buscamos de forma complexa equações estacionárias capazes de nos tornarem felizes... mas de verdade não quero ser feliz... quero continuar sentindo emoções revitalizando minha alma, sofrendo por amor, morrendo de saudades, vazios que vão e voltam preenchimentos inexoráveis até que se prove o contrario, armas invencíveis conquista  que codificam nosso ego moldando nosso caráter.
CryFreeMan
Enviado por CryFreeMan em 25/11/2007
Código do texto: T751569
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CryFreeMan
Ourinhos - São Paulo - Brasil, 42 anos
3 textos (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 11:14)
CryFreeMan