Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Solidão

Solidão sufocai meu peito com tamanha dor
Pois desta paixão não sou merecedor
Já que submeti em meras ilusões
Casos de amor em atos de decepções
Sou incapaz de sacrifircar-me em momento
Sou incompleto por sentir tamanho sofrimento
Sou eu em virtude de algo diferente
De um nada que não seja o consciente
Sou infeliz já que tudo me lembra solidão
E em meu peito esta dor de uma distinta ilusão
Sou quem te merece e você não vê
Sou homem racional em busca de um viver
Já nem sei quem sou! Quem sou eu?
Talvez ate mesmo você esqueceu
Quero gritar! Sufocantimente, declamo a essa solidão
Que mais uma vez persegue meu pobre coração
Sou todos os erros que esse mundo já presenciou
Sou um contra dos danos causado por dores de um grande amor


   Autor :   Leandro Motta
leandro motta
Enviado por leandro motta em 05/12/2007
Reeditado em 05/12/2007
Código do texto: T765407

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
leandro motta
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 34 anos
3 textos (65 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 08:03)
leandro motta