Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POR QUE SENTIR CIUME?


Mais que desconfiança, ciúme é sinal de falta de autoconfiança... Temos que acreditar mais em nosso poder de sedução...
Ósculos e amplexos,
Marcial

POR QUE SENTIR CIUME?
Marcial Salaverry

Com toda a certeza, ciúme é uma palavrinha muito pequena, mas tem um efeito muito devastador. O ciúme quando não controlado causa muito dano. Tem um efeito por vazes catastrófico, mas mesmo controlado, é bastante prejudicial a qualquer relacionamento. Falando-se, claro, daquele ciume doentio, que faz a imaginação trabalhar a mil, sempre vendo perigos em qualquer parte.
Cabe uma pergunta: como evitá-lo? É difícil, pois é inerente ao ser humano. Aliás, os animais também são ciumentos. Vocês já repararam que um cachorro geralmente não admite que cheguem perto do dono? Parece que é inato em qualquer ser vivente.
O que se pode e se deve fazer é mantê-lo (estou falando do ciúme, e não do cachorro) sob controle. Não há nada mais prejudicial do que uma explosão de ciúme. Tira completamente a razão e o bom senso das pessoas ciumentas. Parece que sob a ação do chamado "monstro dos olhos verdes", deixam de raciocinar coerentemente. E como se fala bobagens sob a ação do ciume.
Na verdade, podemos defini-lo de diversas maneiras. Existem aqueles que não suportam sequer a idéia de outra pessoa dirigindo seu carro, ou de alguém use qualquer objeto que lhe pertença, e atualmente existe um objeto que é responsável por violentas cenas de ciúme. É o computador. Ninguém entende nosso "filhinho" melhor do que nós, porque conhecemos todos seus atalhos, todas suas manias, achaques e chiliques. Se outro alguém se atrever a tocá-lo, será sumariamente deletado. É o vírus chamado "posso usar seu computador, pois o meu pifou, e tenho que passar esta mensagem". Responsável por stress violento...
Agora o pior de todos, é o ciúme da pessoa amada. Dizem que ciúme é sinal de amor. Penso de maneira diferente. Na minha opinião, ciúme é falta de confiança, e pior ainda, falta de autoconfiança. Principalmente o ciúme obsessivo em que se vê "chifres em cabeça de cavalo", ou o que é pior, na própria. Sempre imagina estar sendo vítima de uma traição, mostrando assim, não ter confiança em seu poder de sedução.
Chega a ser intolerável para quem sofre a "perseguição" de uma pessoa ciumenta. Convenhamos que é realmente muito desagradável para quem sequer pensa em outro "alguém", ver-se de repente acusado (a) de ter amantes. Por vezes essa demonstração de falta de confiança chega a ser estimulante. A "vítima" pode começar a pensar seriamente na coisa, só para dar razão a quem lhe acusa injustamente.
Pelo outro lado, a pessoa ciumenta sofre demais. Vê fantasmas em toda parte. Num simples "Bom Dia", já vê segundas intenções. Seu amor torna-se, em sua cabeça doentia, o objeto de desejo do mundo todo. E não é por aí, gente. Claro que exagerei um pouco, mas temos que aprender a controlar nossos impulsos. Temos que aceitar o fato de viver em uma sociedade, onde o contato entre as pessoas é inevitável. E nem sempre existem as famosas "segundas (ou terceiras) intenções".
Não há nada mais desagradável do que uma cena de ciúme, mesmo que justa. As coisas devem ser acertadas com um bom diálogo, nunca com discussões, que sempre podem desgastar um bom relacionamento.
O principal, para que exista a felicidade, é que haja confiança. Temos que ser, sobretudo, autoconfiantes. Temos que ter a certeza de que a pessoa que amamos jamais pensará em outro alguém, porque somos o que de melhor existe no mercado. Mas, se isso acontecer, é porque não nos ama mais. E nesse caso, não há ciúme que dê jeito. Pelo contrário, cenas de ciume sempre acabarão afastando mais e mais.
Então, o mais adequado e civilizado é cada qual seguir seu rumo, sem que um fique infernizando a vida do outro. Se algo se quebrou dentro do relacionamento, não vale a pena insistir, malhando em ferro frio.
Nesse caso, já deixa de ser amor para ser "sentimento de posse". E não é por aí que se mantém um relacionamento.
Quando se perde a confiança, perde-se tudo. Então para que ciúme? Se a pessoa amada não merece nossa confiança, também não merecerá nosso amor. e não cabe sequer criar um clima de acusação, sobre quem começou o que. Aconteceu, terminou e pronto. Bola pra frente, que a vida nos espera.
Volto a bater na mesma tecla. No momento em que surgir alguma dúvida, é hora do diálogo. Vamos conversar civilizadamente para acertar os ponteiros.
Já vi muitos casos em que a parte acusada era completamente inocente, e, não suportando a falta de confiança da outra parte, simplesmente preferiu terminar com tudo, pois não havia mais condições de continuar naquele inferno em que a vida do casal se havia transformado, devido ao excesso de ciúme.
E mais um caso de amor que termina sem motivo real... Lamentável... mas vi esse filme dezenas de vezes...
Sem que exista nenhuma pontinha de ciúme, quero desejar UM LINDO DIA.

Será o ciúme um sinal de amor...
Será sinal de desamor...
Não é bom, seja como for...





 
Marcial Salaverry
Enviado por Marcial Salaverry em 13/12/2005
Código do texto: T85249
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcial Salaverry
Santos - São Paulo - Brasil, 77 anos
19843 textos (1961749 leituras)
3 áudios (855 audições)
6 e-livros (2134 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:54)
Marcial Salaverry