Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AFORISMOS (1)

. O beijo é uma estrofe rimada por duas bocas.

. O amor é um não-sei-quê que surge não-sei-onde e acaba não-sei-como.

. Por intermédio da amizade estão presentes os ausentes, são ricos os necessitados, valentes os imbecis e, o que é mais incrível, os mortos vivem.

. A amizade é um amor que não se comunica pelos sentidos.

. O amor é um altar onde nos isolamos e uma cruz na qual sofremos.

. Ama o seu próximo... e se ele for alto, moreno e belo será muito mais fácil.

. Ninguém vive sozinho, pois até as lágrimas escorrem pela face de duas em duas.

. A mulher nasce chorando, vive amando e morre perdoando. O homem nasce sorrindo - fingindo que chora! -, vive iludindo e morre mentindo.

. Nosso mundo não é dividido pela distância entre um horizonte e outro, mas pelo alcance de nossa compreensão.

. O sorriso é a manifestação dos lábios quando os olhos encontram o que o coração procura.

. Mais vale um beijo roubado do que um sorriso forçado.

. Por que pagar pela morte se você ganhou a vida?

. A dor mais doída do amor é quando sabemos que ele deve morrer, porém não temos forças para matá-lo.

. No fundo da falência humana encontrei um tesouro desvalorizado pelo tempo: uma amiga.

. Ame, mesmo sendo desprezada, mas não despreze quando amada.

. O coração da mulher é como um palco no qual o homem representa o melhor papel de palhaço.

. O beijo é como uma bola de canhão: bate na boca e explode o coração.

. Amor não mata... sepulta um coração em vida.

. A melhor maneira de se amar alguma coisa... é pensar que um dia podemos perdê-la.

. O amor é a força que move o mundo e vence todas as batalhas.

. Não faça da sua vida um rascunho, pois, talvez, não haja tempo de passá-lo a limpo.

. Cada um de nós é uma lua no céu: possuímos um lado sombrio que jamais mostramos a ninguém.

. Só deixarei de lhe amar no dia em que o maestro da orquestra definir o tom de uma lágrima, caindo.

. Se um dia lhe amei para esquecer alguém, hoje, para lhe esquecer, não consigo amar ninguém.

. O amor é um sentimento oculto que nasce sem razão.

. Chorar é dizer em lágrimas tudo aquilo que os lábios não conseguem pronunciar.

. O sonho do careta é a felicidade do maluco.

. Guarde por mim as rosas da amizade, pois, para você guardarei os espinhos da saudade.

. Quando você estiver velha e caduca, ao menos não se esqueça da sua amiga maluca.

. Nunca tome uma decisão sem antes ter a certeza da solução.


Nota da autora: o elenco de aforismos acima registrados - hábito que sempre possuí, isto é, caminhar pelo mundo com uma espécie de "caderno de anotações" - foram extraídos e/ou retrabalhados (ou melhor: relembrados tempos depois de lidos, contudo sem conseguir localizar a fonte originária) pela pela minha memória mediante leitura de livros, de filmes, de revistas, de jornais, de críticas cinematográficas etc.

 
  ELAINE BORGHI
primavera de 2005

ELAINE BORGHI
Enviado por ELAINE BORGHI em 17/12/2005
Reeditado em 19/12/2005
Código do texto: T87034

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor (Elaine Borghi) e o link para o site www.recantodasletras.com.br/autores/elaineborghi). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ELAINE BORGHI
Campinas - São Paulo - Brasil, 42 anos
56 textos (1486 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:11)