Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PAPAI NOEL, CADÊ MEU PRESENTE?!

Te mandei mil cartas, fartas de pedidos.
Acho que foi perdido o meu tempo...
O senhor não respondeu...
Esqueceu de mim?
Ou não teve tempo de ler!
Puxa, logo de mim você foi esquecer?
Eu que fiz tudo direitinho:
abracei papai e mamãe, ajudei o vizinho
Distribuí sorrisos, flores e carinhos
Amparei o frágil passarinho, quando caiu do ninho...
E você nem abriu meu envelope?
Mandei meus sonhos à galope, num alasão alado...
e você me deixou de lado?
Puxa! Meu bom velhinho, o correio fez greve?
Foi culpa da neve que tapou sua caixa?
Você me deixou em baixa,
eu que sempre atravessei na faixa.
Ajudei as senhoras no sinal...
Caramba! Você me cobra espírito de natal?
Mas nem ligou pro que eu fiz...
tentei fazer meu amigo feliz:
contei piadas repetidas, divertidas,
só pra ele sorrir comigo...
É, meu amigo, você deve tá de saco cheio
desse meu reclamar tão feio...
mas a pergunta tá aqui entalada na garganta,
ela se agiganta e persiste...
Meu Deus! "Papai Noel não existe, que triste..."
Todo esse tempo enganaram a gente!!!
Mas eu ainda quero saber:
"Papai Noel, cadê o meu presente?!"  
Edil Franci
Enviado por Edil Franci em 03/12/2007
Código do texto: T763661

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Edil Franci e o site www.recantodasletras.uol.com.br/autores/edilfranci). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edil Franci
São Paulo - São Paulo - Brasil
903 textos (73473 leituras)
2 e-livros (120 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 23:41)
Edil Franci