Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UM NATAL RECICLADO

UM
NATAL
RECICLADO
® Lílian Maial


E o sol desponta,
Reciclando seus amarelos,
Como em todas as manhãs,
Só que é Natal.

Os homens passam,
Apressados em suas gravatas apertadas
E suas urgências recicladas,
só que é Natal.

As notícias de ontem
Inundam os jornais de hoje,
Reciclados de medo e realidade,
só que é Natal.

E a cada dia, em cada esquina,
Ainda há Meninos Jesuses reciclados,
Nascendo em manjedouras de fome,
Crucificados no asfalto pelos pecados do mundo.
Só que hoje é Natal.
Só que é 2005.

Reciclar é partir dos restos,
Do que já foi usado,
Do que é jogado fora,
Do que é desprezado,
Para se produzir beleza,
Se fabricar o novo,
O útil, o moderno.

Então, nesse Natal,
Há que se reciclar Papai Noel,
Aproveitar o que há de bom e produtivo,
Compactar dificuldades e inércia,
Para que o novo produto
- o novo homem –
recicle a idéia de que alguém tenha que morrer
para nos salvar.

O presente de Natal reciclado
É a promessa de se salvar o Menino,
Para que ele não tenha que morrer,
Cheirando a nossa indiferença.

A nova lista de Natal reciclada
Inclui a igualdade de oportunidades,
O olhar que importa,
A mão que não agride,
Para que não tenhamos que pregar,
Em cada criança de rua,
Um novo Cristo reciclado.


*********




Lílian Maial
Enviado por Lílian Maial em 01/12/2005
Código do texto: T79685

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.lilianmaial.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Lílian Maial
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1158 textos (248733 leituras)
21 áudios (13707 audições)
3 e-livros (1280 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:45)
Lílian Maial

Site do Escritor