Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ostracismo

Me recolho!
No oco vazio da espera e
das tristezas, derramo essa agonia.
Os dias morrem junto com minhas certezas.
Que correria aloucada,
me perco nas estrada das horas
e acordo sem história.
Me recolho doída sem que ninguém saiba!
Não é preciso falar de dores, nem das decepções.
Não quero mais me procurar
fora de mim...
só quero ficar quietinha,
como um marisco em sua conchinha
indo apenas onde a correnteza o levar...
sem início e sem fim, sem saber nadar.

Laura Duque
Enviado por Laura Duque em 21/01/2006
Código do texto: T101847
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Laura Duque
Cabo Frio - Rio de Janeiro - Brasil, 48 anos
294 textos (23183 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 15:50)
Laura Duque