Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

tua canção

Te escrevo uma canção
para soar como as Antigas
Tão leves tão bonitas.
Não tem vingança, nem dor de amor, nem despedida
É proteção e prosperidade pra tua vida
Porque você entende meus sonhos
decifra os mistérios e não desiste da minha companhia
me lembrando que a felicidade de hoje,
pode não se repetir outro dia

então eu fechos os olhos perto de você
te segurando, eu sei que não vai embora
mas meu coração sempre diz
que com o seu, ele não chora
 
Não tenha medo do escuro
nem do tempo, do futuro
pois quando me sinto inseguro e acendo as luzes pra ver,
tenho simplesmente tudo, só falta você
não tenha medo do incerto e o incompleto

não tenha pressa de acordar
Dorme enquanto eu cantar
assim como não tenho pressa de terminar
não deixe de sonhar

o possível e o impossível
andam lado a lado
No amor é quase sempre assim
e muitas vezes irresistível
Não deixe de sonhar
Tudo imprevisível

do meu violão  pra sua casa
minhas canções nossas piadas
do deserto ao oceano,
Entre eu, você, nossas bocas e nossas mentes
pedro victor freire dos santos
Enviado por pedro victor freire dos santos em 23/01/2006
Código do texto: T102690
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
pedro victor freire dos santos
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 25 anos
35 textos (1396 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 12:39)
pedro victor freire dos santos