Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Colar de poesia

Cheguei para ouvir as palavras
que claras iluminaram meu dia.
Cheguei para gritar as palavras
que coloridas alegraram noites vazias
Cheguei para cantar as palavras
que tocadas embalaram a boemia.
Cheguei para conhecer as palavras
que mágicas diminuíram a agonia.
E agora que conheço meus versos
te peço, amanheça contente,
nem tente parar pra chorar.
Abra seu baú, jogue
fora a nostalgia.
Pegue as palavras mais macias
e faça um colar de poesia.
Alaide Santos
Enviado por Alaide Santos em 25/01/2006
Reeditado em 27/01/2006
Código do texto: T103754
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Alaide Santos
São Paulo - São Paulo - Brasil
58 textos (5148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 04:24)
Alaide Santos