Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ADVERSIDADES


Quantas adversidades
Tive em diversas idades!
Tantos os meus dissabores
Muitos enganos de amores...

Em cada ano vivido
Havia um sonho perdido.
Ilusões desvanecidas
Nas eternas despedidas...

Fiz da perfídia o meu vezo
De mim mesma o meu desprezo.
Corações apaixonados
Amores desatinados.

Sou prisioneira de mim
Sofro torturas sem fim.
Nada digo, nada ouço:
Meu corpo é meu calabouço!

 
Miriam Panighel Carvalho
Enviado por Miriam Panighel Carvalho em 09/04/2005
Código do texto: T10429
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Miriam Panighel Carvalho
São Paulo - São Paulo - Brasil, 57 anos
87 textos (22584 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 20:28)
Miriam Panighel Carvalho