Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Minhas claquetes

Eu gritei sozinho
E acho que dessa vez ainda não me refiz

Eu berrei na multidão
E ainda assim não me ouviram

Eu sussurrei ao seu ouvido
Palavras de amor reprimido

Eu cantei na sua janela
Uma música ainda mais bela

Eu chorei quando me vi perdido
Quando me vi chorando

Eu fechei os olhos para não ver mais nada
Para apagar tuas cores destoadas

Eu parei quando te tive ao meu lado
Errei por não ter arriscado

Eu acendi um cigarro quando virei à esquina
Traguei sentimentos invasivos

Eu sonhei acordado
E dormindo, e fingindo, infinito.
M K
Enviado por M K em 09/04/2005
Reeditado em 18/02/2010
Código do texto: T10476

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Marcos Vinicius Kaminski Filho). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
M K
Curitiba - Paraná - Brasil, 33 anos
52 textos (2381 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 02:26)