Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

, PRESENTE

- Zelisa Camargo -
 
Carrego n\'alma dores incontidas
de amores perdidos,
do desamor,
das caminhadas ao léu.
Das noites mal dormidas sempre em busca
pela estrada da vida
de um amor que completasse minha unidade só.
Muitos amores passaram,
deixando cada um a sua marca
que nem o tempo apaga.
Hoje nesse presente
sigo meu peregrinar
como eremita
em quietude e solitude
de alma
amando de uma maneira diferente
lutando pela paz e tentando mostrar o amor
em sua faceta real para que essa humanidade
possa entender que somente o amor pode transmutar tudo.
Vivo hoje nesse mundo encantado,
virtual mundo mais que real,
pois são encontros de almas
de mãos que se dão
amizades que solidificam
mesmo em face oculta,
mas a alma comunga em sintonia maior.
 E assim vou levando meu viver,
poetando e lendo coisas lindas
como esse Poema de Julia Souza
que encantou minh\'alma
e não resisti e deixei fluir
livre o meu cantar.
Assim é o meu presente.
Vivendo cada minuto intensamente
como se fosse o último
E sou feliz.

Julia, embora não a conheça
és para ti esse cantar de alma .
 
zelisa camargo
07.07.04
09.
 
ZEL
Enviado por ZEL em 02/01/2005
Código do texto: T1056
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ZEL
Aparecida de Goiânia - Goiás - Brasil, 69 anos
311 textos (33906 leituras)
8 e-livros (802 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/09/16 14:04)
ZEL