Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cálice de homem

Lá, eles estão.
Soberbos, imponentes, sedutores...
Reflexivos, cristais de fragilidade e beleza.
Brilhantes.
Contemplação

Dois olhares inquietos os consomem
Desejos das partes
Amor mútuo
Veneração

O homem agarra o cálice
O cálice agarra o homem
Harmonia ou consumação ?

Longas aventuras...
O homem e o cálice.
Horas o homem é merlot. O cálice, gamay, chardonnay.
Horas o cálice é merlot, o homem, gamay, chardonnay.
Cumplicidade

O homem, doce. O cálice, seco.
O açúcar cria uma máscara
Falsidade
O homem pode ser seco
Beber dessa vida

Mais um brinde
Já é vício
O homem é o cálice
O cálice já é o homem.
Duas almas embriagadas, enaltecidas, etílicamente desnudadas, a sangue.

O cálice ergue o homem. O vinho ergue a vida.


Neucivaldo Moreira
Enviado por Neucivaldo Moreira em 31/01/2006
Código do texto: T106611
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Neucivaldo Moreira
Santarém - Pará - Brasil, 48 anos
21 textos (4859 leituras)
1 e-livros (43 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 05:39)
Neucivaldo Moreira