Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CORPO DE UNIVERSO


 
 
Queria ser uma astronauta errante
ou ser ainda um travesso asteróide,
a brincar pelo espaço  sideral.
 
E lá de longe, nesse mundo estranho,
eu bordaria o tempo dos meus anos,
no tear de uma galáxia espiral.
 
Ter o perfume de lua no meu corpo,
ser toda afora, nada ter cá dentro,
como o ar e o silêncio combinados.
 
Ser total como a música que emana
do crânio colossal de algum planeta
e atravessar a imensidão do espaço.
 
Ser vertiginosa caindo céu abaixo,
escrevendo somente com estrelas
de minha vasta cabeleira de cometa.
 
E depois, com estas formas de universo,
lhes mostraria todos os meus versos
num arco-íris de PAZ aqui na Terra.
 
                 
Ceres Marylise
Enviado por Ceres Marylise em 07/02/2006
Código do texto: T108835
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ceres Marylise
Itabuna - Bahia - Brasil
38 textos (1653 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:30)
Ceres Marylise