Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema Metrossexual

Muito tem se falado da metrossexualidade, o novo Homem, que revela-se vaidoso, carinhoso, atento aos desejos e necessidades da Mulher. O homem que se embeleza, que cozinha, lava, passa, arruma a casa, enfim, aquele que sente-se à vontade com sua masculinidade, sem necessidade de autoafirmação. O machão morreu ou está agonizando. As mulheres estão adorando isso... e eu sempre fui metrossexual e nem me dava conta disso.


Poema metrossexual


A alma feminina
não começa nem termina
na fecundação ou no parto
não se faz entre dois entes, no quarto.
É algo que desperta
quando o homem se faz alerta
é isso que atrai os opostos
com os sentimentos expostos
e a flor da pele
Então, que o homem se revele
para quem ousar ou quiser
Sou homem, tendo alma de mulher.
Este não é o crepúsculo do macho
é quando verdadeiramente me acho
e conquisto essência divina
reconhecendo minha alma feminina...

Mauro Gouvêa
Ouro Fino, 14 de outubro de 2005

conheça outros poemas: www.recantodasletras.com.br/autores/maurogouvea

Mauro Gouvêa
Enviado por Mauro Gouvêa em 08/02/2006
Reeditado em 29/09/2015
Código do texto: T109351
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Mauro Gouvêa - www.recantodasletras.uol.com.br/autores/maurogouvea). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mauro Gouvêa
Alfenas - Minas Gerais - Brasil, 51 anos
432 textos (56516 leituras)
3 áudios (837 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:56)
Mauro Gouvêa