Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Retorno

 Retorno
 maria da graça almeida

A nau flutuante se alia
à  inquietude da areia,
de inclemente  nostalgia,
sai vazia e volta cheia.
 
Desperdício de energia,
improfícuo despertar,
barcos que entram na ria
largam saudoso o mar.
maria da graça almeida
Enviado por maria da graça almeida em 12/04/2005
Código do texto: T11006
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
maria da graça almeida
São Paulo - São Paulo - Brasil
248 textos (14799 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 20:08)
maria da graça almeida