Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Os olhos da princesa morta

Outrora verdes
os belos olhos
da princesa morta.
Nenhum súdito, nenhum rei
deixa de notar
o quão profundos,
os belos olhos
da princesa morta.
Revelam-se cúmplices,
de infâmias, tiranias,
intrigas e amores,
os tristes olhos
da princesa morta.
Escondem um oceano,
agora seco, porém eterno
os belos olhos
da princesa morta.
Eduardo Junqueira
Enviado por Eduardo Junqueira em 13/04/2005
Código do texto: T11065
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eduardo Junqueira
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 53 anos
3 textos (200 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 12:52)