Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Hoje, eu e o amor...

Hoje, não sei desde quando e nem por quanto tempo,
te amo como nunca amei!
Todos os seus defeitos,
cada mania ou gesto seu,
mesmo que incompreendido ou contrario ao meu,
tudo me fez apaixonar...
Cada traço do seu rosto,
cada curva do seu corpo,
o seu jeito sem medo e exposto,
em meus sonhos, para sempre vão estar.
Todas as angustias e incertezas
que meu peito pode abrigar,
ao chegar perto de ti,
como uma folha levada pelo vento,
como o tempo e o esquecimento,
não vão mais me preocupar,
porque em você encontrei a paz,
encontrei a mim mesmo!

Diogo Mello
Enviado por Diogo Mello em 13/02/2006
Código do texto: T111196
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Diogo Mello
Vila Velha - Espírito Santo - Brasil
2 textos (65 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:05)