Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Espelho

Por mais que eu olhe
Percebo que não te conheço
A ternura, a paixão pura,
A afabilidade, outros apreços
A exacerbação confessa,
A arrogância, a prepotência,
E muito mais que tu meças

Por mais que eu olhe
Percebo que não te conheço
Por mais que a tez insista na fidelidade dos traços de outrora
Percebo que não te conheço
Por mais que eu olhe

E muito mais que tu meças
A arrogância, a prepotência,
A exacerbação confessa,
A afabilidade, outros apreços
A ternura, a paixão pura,
Percebo que não te conheço
Por mais que eu olhe

******************************************

Obs.: O texto pode ser lido de cima para baixo e vice-versa. A idéia é reproduzir os reflexos do objeto-título ou título-objeto.

Luiz Coronheiro
Enviado por Luiz Coronheiro em 13/02/2006
Reeditado em 16/02/2006
Código do texto: T111205
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luiz Coronheiro
Guara I - Distrito Federal - Brasil, 52 anos
9 textos (430 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:13)
Luiz Coronheiro