Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESTE MEU SENTIR

Olho-me ao espelho, saudade,
Não daquilo que eu era,
Mas do que não semeei
Na longínqua Primavera.

E a sonhar andei na vida
À procura dum momento,
Em que a minha vocação
Inspirasse o pensamento.

O meu tempo foi passando
Altruísta, mas severo.
Meu espírito mais atento,
De coração mais sincero.

Porém, sou feliz agora.
O meu espaço encontrei,
E junto a vós, meus Amores,
Pronto me realizei.

Descobri que o racional
Nem tudo explica, em concreto,
E que o mundo também gira
Em função de mais afecto.

E a todos fazer o bem
Sem olhar a raça, a cor,
Religião que professam,
É vontade do Senhor.

Cantar este meu sentir
É pra mim grande prazer.
Rezar p’lo nosso porvir,
‘Sperança do amanhecer.
Maria da Fonseca
Enviado por Maria da Fonseca em 16/02/2006
Código do texto: T112655
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria da Fonseca
Portugal
143 textos (3620 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:23)
Maria da Fonseca