Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Adeus

Adeus
Vanderli Medeiros
 

Agora é adeus,
dessa vez, você sairá de mim,
terei um novo recomeço sim,
a vida começa a sorrir p'ra mim.

A ti que manchastes
e espezinhastes
os sonhos meus,
direi-te agora: Adeus!
 
Um dia zombastes dos sonhos meus
enlameastes o amor que a ti dediquei,
fizestes de mim cacos, e chorei...
 
Num ser descrente me transformei,
maculastes o amor que a ti ofertei,
roubastes a confiança que em ti depositei...

Errante pela vida, vaguei,
mendigando a morte,
por dias e noites,
assim vivi, morri, e renasci...
E a lembrança de  ti a me perseguir,
mil vezes em vida
experimentei a gosto da morte.
 
Clamei ao AnjoDaMorte
libertasse-me dessa "sorte",
nem ele quis-me contigo
Sozinha no mundo fiquei,
vagando furibunda, a esmo,
condenada penei...

Hoje,
os grilhões que um dia a ti presa fiquei,
tanto no amor quanto na dor,
começaram a soltarem-se,
devolvendo-me a chance
e a esperança,
de voltar a viver,
a sonhar
e a recomeçar!

Barra do Garças, MT - 05/05/03
medeiros_derli@yahoo.com.br
http://geocities.yahoo.com.br/vanderlimedeiros/

Vanderli Medeiros
Enviado por Vanderli Medeiros em 03/01/2005
Código do texto: T1132
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Vanderli Medeiros
Barra do Garças - Mato Grosso - Brasil, 50 anos
145 textos (29485 leituras)
2 e-livros (252 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/09/16 12:16)
Vanderli Medeiros