Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SINTO FALTA

Do teu riso aberto
e certo.
Do teu pranto
manso e manhoso.
Do olhar que me perscruta
e me devora.
Do jeito avaro
de me negar o coração
como se fosses feito
só de razão.
Do calor que se desprende
abrasador
sob tua camisa.
Do teu perfume
que não é perfume
é cheiro de corpo em pleno cio.
De suas mãos
segurando o cigarro
apoiando a cabeça
num lance preocupado.
De tuas pernas passando
como que por acaso
nos meus seios
num lance de apetite.
De tua excitação
incontrolável
mas às vezes contida.
Da tua vida
despejando vida
De teu sexo quente
pulsando em desejos
em minha boca repleta de beijos.
Da posse irracional
que tomas de meu corpo
em perfeição total
como dono e senhor.
Do sono embriagado
que te domina
depois do amor.

Só não sinto falta
do teu sentir
do qual sou dona única e singular,
porque a distância
não consegue te impedir
de me amar.
Sal
Enviado por Sal em 18/02/2006
Código do texto: T113302
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sal
Marília - São Paulo - Brasil, 78 anos
507 textos (44782 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 18:06)
Sal